Waguinho e o latão

Junho 20, 2018
Waguinho e o latão

Waguinho, Wagner Trindade e filho do Muchacha, é uma das pessoas mais intensas que já conheci. Intenso no bom sentido, sua ansiedade vem da vontade de aprender e apreender tudo que for possível. Foi assim durante as imersões da 1ª Semana Criativa de Tiradentes em 2017, quando o conheci, e é assim até hoje. Cada vez que o encontro ele está me aguardando cheio de novidades para mostrar, para ouvir opiniões, para trocar, para compartilhar.

Incansável em sua busca de se aprimorar sempre, dedicado em tudo o que faz, batalhador de verdade, extremamente humano, são inúmeros os adjetivos que me vem à cabeça quando penso nele, mas um deles ainda grita mais alto: amigo, com certeza para toda a vida!
 
Adentrar o mundo de Wagner Trindade é o mesmo que adentrar sua alma. Sua história está escrita ali. Cada parede, cada molde, cada ferramenta, cada peça acabada ou por acabar trás em si sua força e sua emoção. E foi isso que senti quando ao entrar em sua oficina e me deparar com o efeito de luz e sombra gerado na parede por uma pequena luminária marroquina acesa. Essa busca incessante dele por se encontrar com seu eu verdadeiro foi o que tentei traduzir ao criar o Espelho Relicário*, que ao abrir reflete a imagem do que deve ser o nosso bem mais precioso.
 
*O espelho Relicário faz parte da Coleção Artesãos, que será lançada em Junho na MADE 2018.

Impossível entrar e sair rápido da sua oficina ou da sua casa, onde sempre nos recebe para um delicioso café com bolos, sucos e pães de queijo feitos com carinho pela Claudinéia, uma das mulheres mais companheiras que já tive o prazer de conhecer. Quando vamos visitá-lo, seja onde for, é preciso ir com tempo, umas três horas pelo menos, e mesmo assim saímos com a impressão de que ainda há muito mais para conversar, tamanha a empolgação e o desejo de trilhar novos caminhos que ele tem dentro de si.

Sua alegria, dedicação e empenho contagia também seus funcionários na oficina, pois ele ensina ali muito mais que um ofício, ele demonstra em suas atitudes a importância de amar
o que faz e de cuidar de verdade da família e dos amigos. Emociona vê-lo contar não apenas a história de seu pai, que lhe ensinou o ofício, mas também dos rapazes que ele trouxe ainda garotos para aprenderem uma profissão e encontrarem um sentido na vida, já que muitas vezes morar no interior não proporciona muitas opções para quem é jovem.

About the author

Yankatu - Design + Art with Brazilian soul

Maria Fernanda Paes de Barros Penteado

Add a comment